De carona por Santa Catarina

joinville020710-600x394
Entrada de Joinville

Estrategicamente localizada, a cidade de Joinville, está cercada por tudo que natureza tem de melhor: rio, praia e serra.  A “Cidade das Flores”, ainda no século XIX, foi vendida ao senador alemão Mathias Schroeder pelo então marido da princesa D. Francisca, filha de D. Pedro I. Imigrantes alemães instalaram-se na região e ainda hoje nota-se uma forte influência germânica nas construções e até mesmo nos costumes dos habitantes. Além da Festa das Flores que movimenta a cidade com a chegada da primavera, Joinville também recebe o Festival de Dança no mês de julho. A Escola do Teatro Bolshoi é a única escola do Bolshoi fora da Rússia, impulsionando ainda mais a difusão artística e cultural da região. O festival reune uma grande diversidade de gêneros que vai do balé clássico à danças populares. Na culinária se destaca, além dos pratos típicos alemães, como a cuca de banana com farofa (deliciosa), o churrasco catarinense. Diferentemente do Rio Grande do Sul, a carne é assada em filés depois de ter sido previamente temperada. O resultado é uma carne macia, suculenta e imperdível. Em meio a natureza exuberante, e tradições culturais e gastronômicas, cortando o estado de Santa Catarina, de carona, fazemos de Joinville nosso ponto de partida. Passamos por montanhas, manguezais, praias quase desertas, praias bastante movimentadas, cidades históricas e centros urbanos com uma infraestrutura invejável.

Sao Francisco do Sul 2
São Francisco do Sul

Não demorou muito e como uma viagem no tempo a paisagem se transforma. Casas antigas e ruas estreitas dão vida a história da colonização do sul do Brasil. São Francisco do Sul é a cidade mais antiga de Santa Catarina e a terceira mais antiga do Brasil. Muitos dos sobrados, tombados como patrimônio histórico, datam da época de sua ocupação por portugueses, espanhóis e açorianos em meados do século XVI. Além disso, São Francisco do Sul, possui um dos mais importantes portos do Brasil, no qual passa milhões de toneladas de carga todos os anos. Chegamos na Enseada, a principal praia da região, e onde passaríamos a noite.

IMG_1573
Praia dos namorados, Enseada/São Francisco do Sul

Seguindo viagem, paramos por algumas horas em um dos lugares turísticos mais visitados do país. Mais que belas praias, o Balneário Camboriú se destaca pela qualidade de vida. Um contraste entre a cidade moderna, de infraestrutura invejável e vida agitada, e a pequena cidade praiana (é o segundo menor município em área do estado) no litoral de Santa Catarina. A praia central é a mais frequentada, tanto por banhistas como pelos amantes do esporte. A orla se transforma numa academia a céu aberto, com pessoas correndo, jogando vôlei, futebol etc. E para quem gosta de badalação, o Balneário se destaca pela vida noturna agitada. Ficamos com um gostinho de quero mais, mas é hora de seguir em frente.

mapa

Bombinhas, outro badalado destino no litoral de Santa Catarina. E foi ali que ficamos 3 dias a desfrutar de um mar de águas calmas e transparentes em meio a centenas de turistas argentinos. A segunda língua “oficial” é definitivamente o espanhol.  Apesar de ser o menor município do estado, é banhado por diversas praias, como Mariscal, Praia de Quatro Ilhas, Bombas e Bombinhas. O cenário é paradisíaco e o percurso de carro para se deslocar de uma praia a outra é maravilhoso. Não esqueça seu snorkel, pois o município é a capital do mergulho ecológico, abrigando uma imensa riqueza submarina, cercado do verde da Mata Atlântica que contrasta com os tons de verde do mar multicolorido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por fim, desembarcamos às margens do rio Itapocu em Barra Velha. O nome derivado da língua Tupi significa água da pedra estourada. Em meio ao calor sufocante de fevereiro, sentamos a beira do rio. Com um barco de pescador, atravessamos sua água de cor terrosa em direção ao mar. A praia deserta abriga um pedaço de Oceano Atlântico que nos mostra a força da natureza. Águas revoltas e fortes correntezas prejudicam o equilíbrio e dificultam a permanência de banhistas. Brasil, país de belezas naturais inigualáveis!

Escrito por

Nascida na capital federal, morei nos EUA, Itália e atualmente me encontro no país mais populoso do mundo. Isso mesmo, estou morando na China, mais precisamente na cidade de Hefei. Sinta-se a vontade para procurar essa pequena cidade (para os parâmetros chineses) de mais de 7 milhões de habitantes no mapa. Sou formada em Física pela Universidade de Brasília e PhD em astrofísica pela universidade de Roma. Sempre ávida por dividir conhecimento, não somente no campo das ciências, mas também as minhas experiências pessoais , preferências literárias, etc. O leque é muito grande, então por simplicidade, digamos que gosto de debater sobre tudo e sobre nada, sobre qualquer coisa der na telha.

4 comentários em “De carona por Santa Catarina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s